23
nov
15

Perguntar não ofende?

Desde pequeno ouço dizer que o brasileiro é um povo pacífico.

Pacífico ou passivo? E com quem?

Há cerca de um ano, um rapaz negro teve suas roupas arrancadas e foi torturado e acorrentado  num poste por um grupo de pit-boys. Seu crime? Ser “supostamente” um ladrão.

Houve uma grita geral, com as pessoas urrando na internet a favor dos pit-boys, bradando  que  “direitos humanos são para humanos direitos” e “quem pede tratamento humano para bandido que o leve para casa”. Foi nesta época que  a jornalista(?!) Rachel Sheherazade  defendeu o uso da violência como “solução” para a violência. Fantástico! Genial!

Regularmente vemos os Bolsonaros vomitando suas frases de efeito. “Bandido bom é bandido morto!” E o povo achando lindo, espetacular, maravilhoso. Bolsonaro para presidente, Bolsonaro para rei, Bolsonaro forever!

Mas cadê a “revolta”de Bolsonaro quando se trata de seus pares? Bandido bom é bandido morto? Desde que não seja político do PPS. E olha que são vários!  Mas, neste caso o pseudo-machão  afina a voz. Pior que afinar. Ele se cala. E pede, como um cordeirinho, para sair do partido.  Convenientemente.

E Rachel Sheherazade?  Porque não vem a público incitar a população a amarrar em postes os diretores da Samarco?

Pois hoje, exatamente 18 dias depois do rompimento da barragem, vi uma reportagem onde o diretor-presidente da Samarco, mui calmo e sereno, afirmava que “as barragens foram construídas de acordo com TODAS as normas de segurança”. Imagina se não fossem, não é?

Logo depois, outra reportagem mostrou voluntários levando doações para famílias de Mariana. As famílias agradeceram e disseram que aquela “era a primeira vez depois do rompimento da barragem que recebiam alguma ajuda”.

Ou seja, a Samarco destroça com a vida das pessoas e…?

E…?

E nada?

É isso aí mesmo? Onde está a Vale? Onde está Wally? Quem sou eu? Era Dali o único surrealista? E os daqui?

Agora é oficial? O Brasil é o país do Vale-Tudo? Tudo Vale? Pra quem?

A pergunta que não vai calar é “PORQUE QUANDO UM NEGRO SUPOSTAMENTE, VOU REPETIR, SUPOSTAMENTE COMETE UM CRIME,  PODE SER AMARRADO E TORTURADO SEM ROUPAS NUM POSTE COM O AVAL DE BOA PARTE DA SOCIEDADE? E QUANDO UM RICO MATA DEZENAS E DESTROI COM A VIDA DE MILHARES DE PESSOAS NADA ACONTECE?”

UMA SUPOSICÃO DE CRIME É MAIS GRAVE QUE UM ASSASSINATO? UM RICO VALE MAIS QUE UM POBRE? UM BRANCO VALE MAIS QUE UM NEGRO?

AGUARDO RESPOSTAS!

SE AS HOUVER!

 

 

Anúncios

2 Responses to “Perguntar não ofende?”


  1. 1 oswaldo coyote
    novembro 23, 2015 às 5:41 pm

    Muito bom e ate compartilhei no face!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: