29
jun
11

noite de inverno

Um dia, acordei e percebi: sou jovem demais para ser velho e velho demais para ser jovem

Que não me venham os psicólogos de botequim com suas frases de livro de auto-ajuda.

Há um momento em que as dores (e as delícias da vida, também) se cobram.

Em noites frias como as de hoje, o preço é alto demais.

Anúncios

2 Responses to “noite de inverno”


  1. junho 30, 2011 às 2:03 am

    Mesmo na tristeza seu texto é incrível, mas… senti um certo atrito conosco, os humoristas e filósofos de botequim… Mesmo assim, como diria Abrahan Lincohn… “Great!”

  2. julho 4, 2011 às 4:25 pm

    Dores…a solidão dói, às vezes, muito! Aliás, no frio e no escuro, todas as dores parecem pior. Beijo, querido.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s


junho 2011
S T Q Q S S D
« abr   jul »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: