17
ago
09

CONFISSÕES DE UM HOMEM ÁCIDO

Durante muito tempo eu quis ter uma base: família, emprego, estabilidade. Não deu.  Não sou um homem básico. Sou ácido. Que o provem minha língua afiada, minhas aftas e minhas dores de estômago!

Durante muito tempo tentei ver a vida com outros olhos. Não deu. Nasci míope, astigmático e um tanto estrábico!

 Durante muito tempo eu desejei não ser marginalizado. Não deu. Lutei para alargar as margens, e desde então tenho andado sem tantos tropeços, mas sempre do lado de fora.

 Durante muito tempo tentei ser quem os outros queriam que eu fosse. Não deu. Eu sempre foi mais forte que meus desejos. Tive que me dobrar a mim.

Anúncios

6 Responses to “CONFISSÕES DE UM HOMEM ÁCIDO”


  1. 1 Julia
    agosto 18, 2009 às 11:59 pm

    Se a acidez é um dos fatores que ajudam sua poesia a ser tão boa, por favor fique bem longe dos antiácidos.

  2. agosto 19, 2009 às 3:07 pm

    Querido Victor,
    até entendo, mas bem sabes que o marginal tem também
    o seu lado genial
    e há sensações, sentimentos, percepções
    a que não chegam
    os normais
    beijo
    Helena

  3. 3 sandrinha
    agosto 19, 2009 às 10:38 pm

    Meu poeta querido …
    Você é ácido e afiado
    Você é míópe e básico
    Você é inteligente e preciso
    Seu estrabismo é charme , sua língua afiada sua foice verbal!!
    Os seus leitores agradecem sua resistência :
    VOCÊ É UM HOMEM COMPLETO: CABEÇA , TRONCO E VERSOS .
    beijos
    sua amiga sandrinha

  4. 4 Denise
    agosto 20, 2009 às 3:12 pm

    Querido Victor,
    mais uma vez, você me emociona!!
    Com a sua acidez, a sua ternura, com a lembrança do seu pai na Urca …
    O mundo caminha e evolui assim: com a acidez, os outsiders, com aqueles que se enfrentam e se confrontam, com os que têm um outro olhar …
    Um grande beijo,
    da amiga,
    Denise

  5. 5 Anita Dreams
    agosto 22, 2009 às 5:27 pm

    Caro colega,”Acido”. Eu sou uma delirantista. Vivo e escrevo sobre meus delírios. Podíamos formar um belo par: você em sua acidez e eu, em meus delírios. rssss… Não repare homem acidez, eu sou demasiado humana. Gostei de sua azia e recomendo-lhe um bom antiácido.
    Beijo da Anita Dreams
    Visite-me!

  6. 6 adrianne Ogêda
    setembro 28, 2009 às 12:27 am

    Nossa, me arrebatou esse texto. Simples assim. Não deu. Adorei.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: