06
abr
09

Fórmula 1

Ontem acordei às 6 da manhã pra ver o GP da Malásia e torci, pasmem, pelo Barrichelo! Nunca fui fã do cara, mas com as mudanças da F1 ,  a impressionante ascensão das Brawn e a eterna incompetência das Ferrari, resolvi torcer pelo nosso (até então) eterno corredor coadjuvante.

Durante a semana passada, fiquei impressionado com o número de pessoas criticando, debochando do segundo lugar conseguido por Barrichelo no GP da Austrália, dizendo que ele deveria abandonar a F1, que ele é um pé-de-chinelo, um incompetente, etc. Peralá né gente!  Parece, às vezes, que nós internalizamos inteiramente o “american way of life”, onde simplesmente as pessoas são divididas em “winners” ou “loosers” e não há lugar para os “loosers”, os “perdedores”.

 É bem nojento isso! Afinal, é direito do cara correr mesmo que não seja numa equipe de ponta, mesmo que não seja pra vencer. É direito dele correr mesmo que seja só por AMOR ao que ele faz. Sei que não está muito na moda essa coisa de amar o que se faz, mas me vi realmente torcendo por Barrichelo e mais que isso, admirando um homem que foi extremamente criticado e renasce das cinzas quando ninguém mais esperava! Só pelo fato dele acreditar em si mesmo quando ninguém mais acreditava nele,  ele  me ganhou. Boa sorte Barrichelo, você tem a minha admiração!

Anúncios

0 Responses to “Fórmula 1”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: